13 de setembro de 2011

FÓSSEIS MODERNOS....

.


Tudo por uma ida à Lua...

conta-se que no Cabo Espichel, o grande finisterra português, numa hora e num tempo desconhecido por ninguém assistido, certa burrinha de aspecto comum aos da sua honrada estirpe asina, acavalando no seu aveludado dorso uma distinta passageira, de pau por certo, trepou corajosamente as temíveis escarpas que de lado a lado se amontoam emergindo do oceano. Escarpas propícias a descer com maior sucesso do que a subir, portanto, a burrinha, desafiando todas as leis da gravidade conhecidas, desobediente às imposições de Newton, trepou por aí cima pelo seu pé desenhando na dura rocha o seu ilustre passeio. Na verdade, nunca se soube se de facto aburrinha subia ou descia, ou se descia ou subia, mas, pelo que se diz, sabemos que se prestou a fazer favores à Divindade...  só porque o povo quis!

Desta façanha, com ingénua imaginação pintou-se um azulado azulejo que para a história representa a mais antiga representação iconográfica que há no mundo de uma fossilização: um trilho de dinossaurio...

News

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails