5 de janeiro de 2011

MOTO PERPETUO

.
 
(c) Santos & Santinhos


Este "mote" perpetuo reluzente,
Assim seja eternamente!

Sete velas ardem perpetuamente
Num movimento de brilho dolente
Ardem por entre o vento da serra
Sem que o seu sustento caia por terra.

Pedidos de comiserações cada uma encerra
Preces e súplicas que à luz se ferra.
É esperança e fé penitente
Pela vitória ao negrume impertinente.

Assim seja eternamente,
Este "mote" perpetuo reluzente!
.
.

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails