4 de dezembro de 2010

RESPOSTA:

.
De facto tudo começa com um ponto... Ponto pintado. Ponto figurado, borrão antípoda de verborreia escrita. Ponto que é a génese de um oceano de palavras onde por vezes o acaso não tem fim e Proust navega como Almirante a este ordenado concordante. De facto, caro leitor, estou farto! Farto, fartissímo; farto, fartinho... de não ter inspiração para "cagar" aqui duas palavras mesmo quando as minhas extremidades tentam espremer a esta meninge pouco habitada de seres luminosos um rasgo de qualquer coisa com sentido... 
.
.

3 comentários:

Salete Cattae disse...

Bonito esse não escrever... Adorei.

Beijos e ótimo fds.

um coelho disse...

Verborreia escrita... eu costumo dizer 'verborreia literária'.

Pink disse...

Faz tempo que não aparece por aqui...

Beijos

Salete

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails