15 de novembro de 2010

NO COMBOIO

.
Diz, caro leitor, diz quem aqui vai sentado ao lado falando ao seu interlocutor com um certo ar de propriedade, importunando o meu espaço, comprimindo-me à janela desta barriga de ferro prenha de criaturas, de entre as quais eu - imagine-se -, que vão ali mais à frente rebentar o útero desta prostituta capitalista usada e abusada gasta e desgastada pela praga humana... (é verdade, mas ainda assim um bem útil em tempos de se praticar uma postura de austeridade em consonância com a pobreza do Estado). Portanto: dizia eu, caro leitor, que um certo tipo aqui sentado ao meu lado, lançando olhares furtivos ao ecrã desta maquineta,  levando-me assim à melhor das boas disposições, dialogando com o seu interlocutor afirma como chavão qualquer que acha na sua douta meninge, coisas do tempo da "outra senhora"... algo que já não interessa e que já passou! A efemeridade destas viagens tem destas coisas: neuras momentâneas!
.
.

10 comentários:

polittikus disse...

Experimenta andar na linha de Sintra e vê o que é um verdadeiro ataque de raiva.... lolololol

Otário disse...

há sempre viagens assim...
já dizia o outro... "Perdoamos com facilidade àqueles que nos aborrecem, mas não conseguimos perdoar àqueles a quem aborrecemos."

Xaninha disse...

isso é o que se chama "diarreia mental" ;)
experimenta andar de metro! é mais fixe:P

Elenáro disse...

As viagens em transportes públicos são experiências fantásticas. XD

Elenáro disse...

P.S.: Surripei-te o vídeo da música. XD

Bartolomeu disse...

@pollitikus

afortunadamente a minha última estação é Entrecampos! Mas já fui mais além (Medo!)

Bartolomeu disse...

@Otário

pois, pois...

Bartolomeu disse...

@Xaninha

o metro de onde? Aquele que tem uma paragem em Gaia?

Bartolomeu disse...

@Elenáro

concordo totalmente, sobretudo para apreciar as vistas!

Bartolomeu disse...

@Elenáro

com que então gostaste das gatinhas, muito bem. Mas olha que já não vão para novas!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails