29 de setembro de 2010

O CÚMULO DO ABSURDO

.
 (c) Santos & Santinhos


Comparar dois amantes separados por uma razão que não seja o amor e que não definhem mutuamente no termo da sua história como os jovens amantes de Verona é como dar a estes dois infelizes imortais uma alternativa desinteressante em desmazelo do terrífico encanto que originalmente encerram. É como dizer que encarnado não é o mesmo que vermelho, é como entrar na FNAC e dar "puns" como se não houvesse amanhã esperando que cheire a rosas ou  então como fazer redundantemente sexo anal esperando desse acto gerar uma longa prole. Enfim, a natureza das coisas não dá para mudar mesmo quando a sociedade evolui. Não está  nem nunca esteve nas nossas mãos.

Maria Callas morreu por amor e isso não a tornou numa Julieta como muitos gostariam, afinal foi apenas uma mulher rejeitada. Porém, a minha avó materna no dia em que o seu amado esposo partiu, uma vez que estavam separados pela doença, deixou-se envenenar pelo desgosto até sucumbir na expectativa do reencontro nesses lugares do além. A história é tristemente bonita mas sem a juventude dos protagonistas como poderá ela inscrever-se no panteão dos amantes de beleza eterna?

Por isso, caro leitor, não sou partidário das comparações já que elas reduzem e empobrecem a riqueza de uma história banalizando-a só pela vaidade da imortalidade ou da fama. Romance ou vida real, Branca e Ben-Afan assim como Pedro e Inês são meros amantes separados por causas que não o amor e não ascendem nunca a esse paraíso, tal como a neo-fabulação dos amantes de Verona  sobe égide americana  não atinge a perfeição uma vez que Maria segue a sua vida e dela mais nada sabemos. Em súmula, chamemos os bois pelos nomes e não por afinidades!
.
Logo à noite D. Branca esmiuçada musicalmente em São Carlos!
.
.

3 comentários:

Xaninha disse...

k post curioso!! :)

beijinho

Salete Cattae disse...

Bem acertado seu ponto de vista!

bjs

Isa GT disse...

Isso de entrar na Fnac para dar "puns" diria que é de homem, não sei porquê mas têm mais propensão para as flatulências, aliás, basta olhar para a política e ver, por lá, tantos "flatos" lol

Bjos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails