11 de março de 2010

FADO FADADO

.


Fado

Quem te deu tanta tristeza
Canção que eu canto a chorar...
.
.

10 comentários:

Leca disse...

Adoro Fado...
quando estive em Portugal conheci muitos lugares e novos sons...
saudades...daí...
beijo
Leca

Leca disse...

Adoro Fado...
quando estive em Portugal conheci muitos lugares e novos sons...
saudades...daí...
beijo
Leca

adolescente gay disse...

es mesmo chato! irra! XD
se não há gmail, não há nada! :P
ate amanha! ;)
Beijinhos e porta-te mal! ;)

donatien alphonse françois disse...

Essa ilustração do Pintor António Carneiro está nos Cantares do António Botto...Peguei mesmo agora na obra para conformar...

Bartolomeu disse...

Olá Leca,

como redundancia assumida, afinal o fado é isso mesmo, saudade!

Abraço

Bartolomeu disse...

Caro D. A. F.,

é uma obra rara, pelo que creio. sPara além do livro que possuo, com o seu é o terceiro que tenho conhecimento de existência.

Para além das preciosas ilustrações, conheço bem o seu conteúdo musical e na ausência de um formato que as possam traduzir musicalmente, deixo aqui o testemuno de serem canções de feição urbana, com cunho erudito, de musica muito agradável e simpática.

Obrigado pelo seu comment.

Abraço

adolescente gay disse...

tá bem Bart, mas eu apenas não gosto do facebook. LOL nâo me perguntes porquê.. eu tb não sei loool, mas não gosto.
Beijitos e espero ver-te no gmail eheh
Beijinho :D
(eu aqui neste blog sinto-me tãoooooo burro! Toda a gente sabe quem foi o pintor disso... eu nem sei o que é isso!! :S)

donatien alphonse françois disse...

Bartolomeu:
Ignorava que o livro era raro.

Abraço

DAF

Bartolomeu disse...

Caro DAF,

pelo que sei, a obra do António Botto foi reeditada recentemente.

O livro que possuo, e que assim declaro, é um pouco mais que isso. Na realidade, o importância do Botto está secundarizada pelo facto de os poemas estarem musicados pelo Nicolau de Albuquerque (tal como Goette por Schubert ou Heine por Schumman), tendo sido este livro e esta edição um raro exemplo de obra de arte, pelas ilustrações que possui (ideia não original na medida em que a partitura de A Serrana do A. Keil, com o poema do Lopes de Mendonça,e ilustrada com aguarelas do compositor).

Por fim, e atendendo a praticidade do livro, que para desfazer duvidas publicarei de seguida a sua face de edição, destinava-se à prática musical.

Apesar do arquivo da E.S.M. de Lisboa possuir um exemplar, esta obra musical permanece esquecida(apenas ouvi uma vez uma única canção deste livro interpretada pela Elsa Saque e pelo Nuno Vieira de Almeida há cerca de 10 anos).

Abraço

Anónimo disse...

Nice post and this enter helped me alot in my college assignement. Say thank you you for your information.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails