18 de outubro de 2009

MON COUER S'OUVRE À TA VOIX


Uma ária num pôr-do-sol de Domingo no calor dos últimos raios de sol antes do lusco-fusco crepuscular.


.
.

2 comentários:

Elenáro disse...

Post fantástico! Obrigado por partilhares!

Bartolomeu disse...

Elenáro:

ora... partilhar aqui, é a forma mais próxima e descomplexada de trazer a alguém aquilo que mais me dá prazer!

É essa a nossa essência!

;)

Abrç

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails