19 de junho de 2009

DIVAGAÇÕES IV - BEBIDA PARA ARREFECER O CALOR NUMA NOITE QUENTE!




4 Limões
4 folhas de Hortelã verdes
acabadas de colher no canteiro do seu vasto quintal;

Tanta Água quanto possa comportar o seu jarro;
Açúcar Louro a gosto;



1 Espremedeira manual
(antiga, de preferência de vidro);

1 Jarro e 1 copo de loiça de Alcobaça;
Lucrézia Borgia de Donizetti,
com a sua cantora favorita;

Muito Calor;
Muita Sede.



Corte os limões ao meio e esprema-os impiedosamente, como se a sua vida dependesse disso - afim de obter o melhor e maior sumo. Junte o sumo apurado à água num jarro de loiça de Alcobaça. Sobre a água, deite as folhas de hortelã verdes. Aproveite as cascas de limão e corte-as em pequenos pedaços pequenos, jazendo-as na água. Posto isto, ponha sem exageros açucar louro (QB) na água por cima das cascas e folhas. Mexa tudo muito bem. Use para beber os copos do mesmo serviço e coloque a música escolhida na sua aparelhagem (ou se não possuir uma preciosa gravação, procure no Youtube). Sente-se onde entender, e com muita calma beba a limonada sem a sorver, procurando nela a tranquilidade e a elevação da alma.




3 comentários:

o Nosso cAstelo disse...

e eis a caipirinha :)

Bartolomeu disse...

Ola O Nosso Castelo,

seja bem-vinda!

Caipirinhas são óptimas, um prazer muito agradável. Mas a minha bebida não tem álcool... e agora?... :)

Abraço

Portuguesa de coração disse...

Tão bonitinha esse seu jarro e taça azul para a limonada :)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails