15 de fevereiro de 2009

GREVE DE ZELO


Pois é!...

Já se deram conta da ausência da Brigadas de Transito, da G.N.R., por essas estradas fora? Não, pois não?

Desde o início do ano que senti espanto e admiração. Postas as operações de Natal e Ano Novo, é hábito iniciar-se uma feroz caça ás inspecções e regularizações, em operações auto-stop e na perseguição de viaturas obrigando-as a parar e pedindo de imediato o assunto objectivo - isto com informação cruzada, identificada a partir da chapa da matricula.

Pois é... estes rapazes e raparigas estão em greve. Quem diria! Também a crise lá chegou, segundo parece!?!? Sem entrar em muitos pormenores, face ás suas reivindicações, estão descontentes e em greve desde o início do ano na qual a ausência de zelo ou a despreocupação é o mote!

Resta saber se na ausência dos contingentes, tal como sucedeu na Alemanha, face a conduta cada vez mais rígida observada, imposta pelo anterior Presidente Sampaio, se neste período houve benefícios, mostrando o quanto é impraticável o sistema big-brother e afins das estradas - se é que ele funciona realmente.

Provou-se em diversos países da Europa que os hábitos dos condutores mudaram, na diminuição de sinistros e no aumento de cuidados preventivos de condução, quando a politica de vigilância se tornou mais tolerante. Resta saber se neste período mudou entre nós alguma coisa!



Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails