2 de janeiro de 2009

LO ZECCHINO D'ORO




Dos tempos do "piqueno" Bartolomeu...



João Nuno Salvado
Etciú (Atchim)

Quando em 1984, vitoriosamente o pequeno João Nuno Salvado cantou com grande distinção no italianíssimo Zecchino d'Oro, o qual nós assistiamos na tarde do dia de Ano Novo, como era habito. Tempos esses, em Toppo Giggio ainda nos entrava em casa...
Saudade!


Toppo Giggio e Cino Tortorella

Lo Zecchino d'Oro é um Festival para crianças, nascido em 1959 em Milão. Adoptado pelo Instituto Antoniano de Bolonha, dos frades franciscanos, conheceu a sua internacionalização e tornou-se num fenómeno Italiano. A sua edição é anual comportando sempre 7 canções nacionais e 7 estrangeiras.

A unica vez que Portugal venceu foi em 1980, com Maria Armanda e o Sapo, da qual tivemos, para além dos Meninos Rabinos, uma cassete comprada pelo pai que gritava dia e noite cá em casa!

Maria Armanda

Eu vi um sapo
Um feio sapo
Ali na horta
Com a boca torta

Tu viste um sapo
Um feio sapo
Tiveste medo?
Ou é segredo?

Eu vi um sapo
Com guardanapo
Estava a papar
um bom jantar

Tu viste um sapo
Com guardanapo
E o que comia?
E o que fazia?

Eu vi um sapo
A encher o papo
Tudo comeu
Nem ofereceu

Tu viste um sapo
A encher o papo
E o bicharoco
Não te deu troco

Eu vi um sapo
Um grande sapo
Foi malcriado
Fiquei zangado

Tu viste um sapo
Um grande sapo
Deixa-o lá estar
Vamos brincar.


Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails