27 de dezembro de 2008

O NATAL DE 800 OU O IMPERIO CAROLINGIO OU O IMPERIO SACRO-ROMANO



Carlos Magno
Rei dos Francos
Imperador Sacro-Romano

No dia 25 de Dezembro de 800 Carlos, o rei dos Francos, senhor da Europa central - Alemanha, França, Lombardia e norte de Espanha- encontrava-se em Roma.


Roma em 1500,
ainda em virtude com o séc. IX
(Vaticano no canto inferior esquerdo)

Nessa época Roma era a relíquia da grande cidade apoteótica do extinto Império Romano, o Império de Cristo promulgado oportunamente pelo grande Constantino, do qual os Papas eram os actuais guardiões.

Comparecendo na antiga Basílica de São Pedro, reza junto ao túmulo de Pedro, apóstolo de Jesus, e o primeiro Papa Romano. Então, segundo rezam as crónicas o papa Leão III, põe na cabeça do monarca um diadema de ouro, coroando-o como sacro imperador restaurando o Império Romano do Ocidente, recriando nele um novo César.


Coroação de Carlos Magno
Iluminura

Com este acto a Igreja de Roma, aliada ao poder militar de Carlos Magno, expande-se ao mundo, instaurando-se Império em poder temporal, espiritual e moral do mundo ocidental, do qual o monarca eleito é o seu guardião e protector.


Coroação de Carlos Magno
Pintura Medieval

Assim, o dia 25 de Dezembro assina-la para além do nascimento de Jesus Cristo, o nascimento da universalidade da Igreja Católica e Apostólica Romana, como senhor espiritual dos estados europeus em autoridade e respeito máximos na sua mais antiga aliança politica, com toda a sua maquinaria.



Coroação de Carlos Magno
fresco de Rafael

Assim o Natal foi ainda mais Natal!

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails