22 de dezembro de 2008

MARC MINKOWSKI - RESPLENDOR DE PRATA



Marc Minkowski e a sua preciosa Batuta.

Com a sua esvoaçante e bela batuta, de ébano e incrustações em prata, cortou os ares do Grande Auditório do CCB com artes de Mago, com audácia e com afincada e justa teatralidade, inspirando na Orquestra de Varsóvia - e que orquestra! - no musicalíssimo Artur Pizarro e nas argentinas vozes, que a solo ou em coro, produziram magníficos e mágicos sons ofertados generosamente a quem os quis ouvir e deleitar-se em tamanho momento.

A melhor oferenda musical que Lisboa pode ter recebido num natal que será recessivo e triste e que eu, pessoalmente, e muito modestamente, me sinto honrado de ter presenciado e consequentemente recebido.

Musicalmente excedeu todo o materialismo musical que possa receber neste Natal, no meio de muitas esperadas peúgas! Este "tremendus eventus" perpetuará na minha memória, como um raro momento num percurso de 15 anos de concertos nas melhores casas de Lisboa com os melhores interpretes.

"BENEDICTUS QUI VENIT IN NOMINE DOMINE"

És grande entre os homens e tua arte maravilhosa.

Bem Hajas


Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails